Scroll Top
Mais que uma modalidade de Arte Marcial... Um estilo de vida!

TURBINE AGORA MESMO SEU TREINAMENTO!!
Junte-se a 3.251 leitores inteligentes e baixe o seu
Kit do Praticante Avançado de Ving Tsun (É Gratis!!)

A História do Kung Fu – Parte 3

Nesta terceira e última parte da nossa jornada pela História do Kung fu, saiba como surgiu este Sistema de Arte Marcial em Shaolin e como se deu a destruição de seus Templos por volta do ano de 1733 d.C.

A ORIGEM DO KUNG FU SHAOLIN

shaolinKFDurante sua meditação, Bodhidharma criou o Budismo Ch’an que dá muita ênfase à meditação e passou a endiná-lo no Templo. Quando os monges atingiam um alto grau dentro do Budismo e fizessem os votos mais elevados, passavam a ter uma rotina diária muito mais severa de meditação e as vezes não agüentavam e desmaiavam de cansaço, para resolver este problema, Bodhidharma passou a ensinar o Vajramushti a esses monges superiores para torná-los mais fortes e resistentes.

Neste templo existia um monge chamado Kwok Yuen que havia pesquisado alguns antigos estilos de Kung Fu pela China e uniu os conhecimentos marciais que adquiriu com o Vajramushti que aprendera de Bodhidharma, reunindo assim, um total de 72 técnicas. Mais tarde, estas 72 técnicas foram estudadas por Pai Yu Feng e Li Cheng e aperfeiçoadas dando origem a 172 técnicas que foram divididas em cinco estilos diferentes e a cada estilo foi atribuído um animal formando assim, a base do atual sistema Shaolin, os animais são: tigre, leopardo, garça, dragão e serpente.

As técnicas do tigre desenvolviam a força, as técnicas do leopardo desenvolviam a velocidade, as técnicas da garça treinavam os tendões e a plasticidade dos movimentos, as técnicas do dragão desenvolviam o espírito e as técnicas da serpente desenvolviam a energia interior (chi).

A DESTRUIÇÃO DE SHAOLIN

Quando a China foi invadida pelos Manchus, houveram grandes e ferozes batalhas, decorrentes Shaolin_Temple_Wall-Paintingdessas batalhas, varios oficiais Ming foram feridos, e se esconderam nos Templos Shaolin fazendo com que os estes fossem por diversas vezes atacados com a finalidade de capturá-los. Os governantes Manchus elaboraram diversos ataques ao templo de Honan mas os monges resistiam com facilidade pois eram auto-suficientes, plantavam seu próprio alimento e as paredes do Templo tinham vários metros de espessura. A destruição de Shaolin Ocorreu quando um monge de hierarquia inferior chamado Ma Ning Yee traiu Shaolin pela promessa de receber uma grande quantia em dinheiro e um cargo político respeitoso. Ma Ning Yee teve o apoio de três oficiais Manchus: Chan Man Yu, Cheung Ching Chow e Wong Chun May, envenenou a água que abastecia o Templo e o incendiou no 25º dia do 7º mês do 12º ano do reinado de Yung Cheng (1733 d.C.). Enquanto o fogo consumia o Templo de Shaolin, o monge traidor abriu as enormes portas do Templo permitindo a entrada dos soldados Manchus que logo assassinaram todos os monges do Templo.

Desta destruição, conseguiram fugir com vida apenas 5 monges de hierarquia superior e 15 discípulos graduados.

Os 5 monges foram: Pak Mey, Cheen Sin, Mui Hin, Fun To Tak e N’g Mui (a única mulher do Templo).

E então!! Gostou do artigo?

E então!! Gostou do artigo?

Não esqueça de baixar sua cópia do Kit do Praticante Avançado de Ving Tsun, juntando-se a 3.251 leitores inteligentes e receba atualizações, artigos e dicas para melhorar a aprimorar cada vez mais seu Kung Fu (É Gratis!!)

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: